Santo Augusto Urgente! Anuncie onde seu cliente também vê!   I    Coronel Bicaco: Acidente envolvendo ônibus da empresa Ouro e Prata   I    PM mata quatro pessoas durante briga em pizzaria na Zona Norte e alega legítima defesa   I    Mulher morre após ser atingida por paralelepípedo em rodovia de Porto Alegre; polícia investiga   I    Duas pessoas ficam feridas após tiroteio em Santo Ângelo   I    Jovem morre após ser atingido com disparo de arma de fogo em São Luiz Gonzaga
27 de novembro de 2017

Três Passos: Professoras são afastadas após áudio com agressões verbais contra crianças

Duas funcionárias de uma escola municipal de Três Passos, foram afastadas do trabalho após o surgimento de uma gravação com agressões verbais e ameaças contra as crianças, que sequer tinham completado 1 ano de idade, e que estavam sob a responsabilidade de ambas.

As mães, que levaram o caso à polícia, relataram tristeza e indignação ao descobrirem o que vinha acontecendo dentro de sala de aula. Nas gravações é possível ouvir as duas xingando e ofendendo as crianças, que não param de chorar.

Leia alguns dos trechos transcritos do áudio:

  • “Tu tá de novo nos ‘lixo’? Eu quero te dar tanto tapa até que tu vai parar! Mas que coisa…”
  • “Nojenta!”
  • “Tu chega também! Chega! Chega, ninguém aguenta mais…Ninguém aguenta mais!”
  • “Tu acorda! Acorda, abre esses olhos. Vamo! Acorda, acorda.”
  • “Vem comer aqui, estrupício. Esse cabelo aí, parece que saiu do hospício.”

As mães não revelam quem entregou a elas o áudio, que tem quase duas horas de duração e foi gravado na sala de aula.

Uma das mães descreve o sentimento ouvir o conteúdo da gravação. “Impotência […] A gente ia trabalhar com tranquilidade, achando que eles estavam seguros, bem cuidados e garantindo uma educação de qualidade. Aí a gente veio a descobrir que nada disso estava acontecendo”, conta.

A direção da escola teve acesso à gravação que foi feita no mês de outubro, mas só agora as mães resolveram denunciar o que aconteceu.

A escola recebe crianças de 4 meses a 5 anos de idade. Quando o caso foi informado à prefeitura, as duas servidoras foram afastadas. Também foi aberto um processo administrativo para investigar a conduta de ambas.

“Quando chegaram esses áudios, essa denúncia até mim, imediatamente eu levei à Secretaria de Educação, que então tomou as providências necessárias. No dia 31 de outubro, elas foram afastadas”, conta a diretora da escola, Rosana Scherer.

Diretora da escola diz que encaminhou denúncia à Secretaria de Educação da cidade (Foto: Reprodução/RBS TV)

A denúncia chegou também à Polícia Civil, que abriu inquérito para apurar o caso. Conforme o delegado Marion Volino, é possível ouvir na gravação agressões verbais contra as crianças e ofensas contra as mães.

“Imediatamente nós instauramos o procedimento policial para apurar os fatos, em tese maus-tratos, e também a conduta do artigo 232 do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), que é submeter criança sob sua guarda a constrangimento ou vexame, e também outras condutas que possam ter acontecido”, detalha Volino.

A violência, mesmo que verbal, ainda choca os pais das crianças pequenas. “A minha bebê, ela é tão pequena, ela não caminha, ela não fala, ela nem engatinhava há poucos dias. Então, tu pensa, aquele serzinho frágil sendo xingado, ouvindo gritos, é revoltante”, desabafa outra mãe.

Fonte: G1/RS

Santo Augusto Urgente

Notícias Relacionadas

  • Morre Afrânio Bertaluci, ex-vereado...

    14 de junho de 2021
  • PM mata quatro pessoas durante brig...

    14 de junho de 2021
  • Duas pessoas ficam feridas após tir...

    14 de junho de 2021
  • Jovem morre após ser atingido com d...

    14 de junho de 2021

NOTÍCIAS

PUBLICIDADES

PUBLICIDADES



NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL

Cadastre-se para receber.

    Entre em contato conosco



      (55) 9 84034561 / (55) 9 96195305 Santo Augusto/RS / CEP: 98590-00
      Copyright 2017 ® Santo Augusto Urgente - Todos os direitos reservados