Santo Augusto Urgente! Anuncie onde seu cliente também vê!   I    Subiu para 35 o número de pacientes com Covid-19 que morreram em Santa Catarina enquanto aguardavam por leitos especializados para a doença, seja em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) ou enfermaria. As mortes ocorreram de fevereiro até esta terça-feira (2), segundo assessoria de hospitais e de prefeituras de cidades do Oeste e o Conselho Regional de Enfermagem (Coren-SC). Até a publicação desta reportagem, às 19h14, o G1 havia confirmado a morte de 28 pacientes no estado esperando por um leito. Porém, às 20h o Hospital Regional São Paulo, em Xanxerê, confirmou mais sete vítimas, sem detalhar o dia de fevereiro em que ocorreram as mortes. O número total de vítimas foi atualizada às 20h30. Os hospitais destacaram que, mesmo quando não há vaga em UTI, as pessoas que chegam às unidades hospitalares recebem atendimento, mesmo em outras alas. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou nesta terça que deve transferir pacientes para o Espírito Santo. Segundo a pasta, os pacientes devem ser transportados individualmente, em dois voos diários, para uma unidade de saúde na região metropolitana de Vitória onde foram disponibilizados 16 leitos. Esta é a primeira vez, desde o início da pandemia, que Santa Catarina transfere pacientes com Covid-19 para outros estados. A maioria dessas mortes de pacientes à espera de leitos para Covid ocorreu na região Oeste. Em Chapecó, 12 pessoas morreram em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), onde aguardavam transferência para hospitais, segundo a prefeitura. Em Xanxerê, foram 15 mortes no Hospital Regional São Paulo. As três vítimas mais recentes foram uma mulher de 39 anos sem comorbidades; um idoso de 61 anos; e uma mulher de 61 anos que estava internada desde 22 de fevereiro. Todos estavam na emergência aguardando um leito de UTI. Houve seis mortes de pacientes que aguardavam transferência no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, em São Miguel do Oeste. A unidade informou que as pessoas que não conseguiram vagas eram tratadas no pronto-socorro e entubadas, se necessário. A morte mais recente ocorreu nesta terça, de um idoso de 72 anos. Em Maravilha, uma mulher de 61 anos que aguardava por um leito de UTI no Hospital São José morreu na madrugada desta terça. Ela morava na cidade vizi...   I    Morador de Três de Maio vai para a UTI com Covid-19 um dia após reclamar de atendimento   I    Morre jovem que havia sido vítima de acidente de moto no centro de Três Passos   I    Padre que assaltou comércio alega momento de loucura e celebrou missa de velório em Passo Fundo horas antes   I    Jovem de 28 anos morre de Covid-19 em Fontoura Xavier um dia após seu avô também falecer pela doença
30 de março de 2020

Tenente Portela: Homem com extensa ficha criminal é autuado por falsa identidade

A Polícia Civil em Tenente Portela identificou nesta segunda-feira um cadeirante que apareceu misteriosamente na cidade identificando-se como ISRAEL JARDIN SENA.

Apurou-se que o indivíduo apareceu da mesma forma na cidade de Ijuí, onde solicitou passagem na Assistência Social daquele município para viajar para o estado de Santa Catarina, e então foi fornecida uma passagem para Tenente Portela, de onde deveria providenciar a sequência do deslocamento.

Ao ser questionado pelo Comissário Valmir Pressi, quando encontrado na estação rodoviária de Tenente Portela, o mesmo identificou-se como ISRAEL JARDIN SENA, todavia alegou não possuir documentos. O policial o questionou sobre sua fonte de renda, o qual disse que possuía beneficio. Solicitado o cartão, disse que havia perdido. Ao ser questionado sobre sua origem, disse que teria vindo de Santa Maria mas depois alegou ter vindo de Santo Ângelo. As contradições geraram o inicio da investigação de sua identidade.

Mesma identificação ele informou à Assistência Social de Tenente Portela, quando o Secretário daquela Entidade, Ercílio Neckel, conversou com o mesmo para disponibilizar eventuais recursos de auxílio.

Não bastasse, ao ser entrevistado por um Jornalista de Tenente Portela, reiterou a falsa identidade, dizendo que era oriundo do Estado de São Paulo. A notícia foi veiculada na rede social Facebook, e gerou repercussão de solidariedade entre os internautas.

Segundo o Delegado de Polícia Roberto Fagundes Audino, titular da delegacia de polícia de Tenente Portela, o nome verdadeiro do cadeirante não erá revelado, pois a legislação vigente não permite.

Com 29 anos de idade, é natural de Porto Alegre, mas residente em Uruguaiana.

Os policiais não se surpreenderam ao verificar sua ficha criminal, já que indivíduos que mentem o nome geralmente tem algo a esconder. O indivíduo possui extensa folha de antecedentes na cidade de Uruguaiana, entre eles, crimes contra o patrimônio, uso de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

O indivíduo ainda possui passagens por crimes sexuais contra vulnerável, com vítimas crianças.

Conforme Audino, sugere-se a eventuais pessoas ou entidades que o auxiliem, o cuidado de não deixarem meninas na sua proximidade.

O indivíduo será autuado pelo crime de FALSA IDENTIDADE, previsto no art. 307 do Código Penal (Pena – detenção, de três meses a um ano, ou multa, se o fato não constitui elemento de crime mais grave), todavia, por não estar em situação de flagrante e por não haver previsão de reclusão para o crime, o mesmo permanecerá em liberdade.

 

Fonte: Polícia Civil

Notícias Relacionadas

  • Idosa de Inhacorá vai a óbito enqua...

    3 de março de 2021
  • Subiu para 35 o número de pacientes...

    3 de março de 2021
  • Padre que assaltou comércio alega m...

    3 de março de 2021
  • Jovem de 28 anos morre de Covid-19 ...

    2 de março de 2021

PUBLICIDADES



NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL

Cadastre-se para receber.

    Entre em contato conosco



      (55) 9 84034561 / (55) 9 96195305 Santo Augusto/RS / CEP: 98590-00
      Copyright 2017 ® Santo Augusto Urgente - Todos os direitos reservados