Santo Augusto Urgente! Anuncie onde seu cliente também vê!   I    “Operação Angico” um sucesso, dinheiro recuperado, prisões e dois bandidos mortos   I    Colisão entre carro e moto causa uma morte em Tenente Portela   I    Brigada Militar prende o líder da quadrilha do assalto a agência bancária em Alpestre   I    PM morre atropelado por criminosos que arremessavam objetos para dentro de presídio em Erechim   I    7° BPM segue apoiando os órgãos municipais no controle de aglomerações
26 de dezembro de 2020

Pai é preso por estuprar a própria filha por cinco anos

A Polícia Civil voltou a agir rapidamente após denúncia de um grave crime de violência sexual. Na semana passada, um pai foi preso por estuprar a própria filha por longos cinco anos. A vítima, conforme relatado aos agentes, foi abusada dos 10 aos 15 anos. O caso veio à tona através de denúncia da adolescente, que procurou a polícia acompanhada da mãe no dia 26 de novembro em Nova Hartz.

 

A equipe da Polícia Civil, coordenada pelo delegado Fernando Branco, abriu inquérito e priorizou a investigação, que seguiu na busca por provas, materialidade e prisão do acusado de 38 anos em um período de 20 dias. “A atuação da polícia se deu tão logo fomos procurados pela vítima e sua genitora relatando os abusos. Passamos a coletar depoimentos e provas, culminando com a confissão do suspeito em seu interrogatório”, ressaltou o delegado Branco.

Após a decretação da prisão preventiva pela Comarca de Sapiranga, que atende Nova Hartz, o homem chegou a ficar foragido por mais de 10 dias. “Fizemos buscas na tentativa de localizá-lo, inclusive, fora do município”, comenta o investigador. Na quarta-feira, dia 9, o acusado se entregou na DP de Nova Hartz na presença do seu advogado. Na sequência, foi conduzido para a Delegacia de Pronto Atendimento de Novo Hamburgo e, logo após, a um presídio.

 

Elas pediram ajuda: pai fugiu

A menor e mãe procuraram a polícia e o acusado sumiu de casa. Ele pegou o carro de uma pessoa do trabalho e foi para Arroio do Sal, onde acabou sendo abordado pela Brigada Militar e levado à delegacia. Para surpresa dos agentes, confessou ter estuprado a filha. “Ele detalhou algumas situações. Chegou a dizer que sabia que havia cometido um crime e deveria pagar por isso”. A ida para o litoral tinha como objetivo o suicídio. “Ele foi até a empresa e tentou localizar uma arma que havia escondido, mas não encontrou. Depois, fomos até o local e, em buscas, conseguimos localizá-la”, revelou a Polícia Civil. No dia em que confessou o crime, o homem precisou ser liberado, pois não havia mandado de prisão expedido. “Depois disso, ele sumiu. Seguimos o inquérito, foi expedido o mandado e fizemos buscas para localizá-lo. Então, na semana passada, ele acabou se entregando”. Ele foi indiciado por estupro de vulnerável, apropriação indébita e posse de arma com numeração raspada.

Fonte/Fpto: Jornal Repercussão

Notícias Relacionadas

  • “Operação Angico” um sucesso, dinhe...

    8 de março de 2021
  • Brigada Militar prende o líder da q...

    7 de março de 2021
  • PM morre atropelado por criminosos ...

    7 de março de 2021
  • 7° BPM segue apoiando os órgãos mun...

    7 de março de 2021

PUBLICIDADES



NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL

Cadastre-se para receber.

    Entre em contato conosco



      (55) 9 84034561 / (55) 9 96195305 Santo Augusto/RS / CEP: 98590-00
      Copyright 2017 ® Santo Augusto Urgente - Todos os direitos reservados