Santo Augusto Urgente! Anuncie onde seu cliente também vê!   I    Governo do RS estipula multa que pode chegar até R$ 4 mil para quem não utilizar máscara   I    “Diabona” volta a ser presa pela Brigada Militar em Ijuí   I    Homem tenta agredir caixa de mercado e ofende PMs de Ijuí   I    Agricultora morre após descarga elétrica no noroeste do RS   I    Aos 63 anos morre por Covid presidente do Hospital de Caridade de Ijuí
7 de março de 2018

Objeto não identificado cai do céu no pátio de uma residência no interior de Três de Maio

Familiares do casal de agricultores Lotário e Nair Schmidt, avistaram por volta das 22h do último sábado, dia 3 de março, um clarão que veio do céu e caiu há cerca de vinte metros da casa na localidade de Esquina Pertile, interior de Três de Maio. Durante o encontro familiar, uma das pessoas que reside em Santa Rosa, avistou o objeto incandescente que foi localizado depois de dois dias no pátio da casa.

O objeto encontrado mede cerca de vinte centímetros e tem forma semelhante a um charuto, porém é oco e possui uma cobertura de uma espécie de malha de fibra. Durante entrevista ao repórter Antônio de Oliveira, da rádio Cidade Canção FM, Lotário Schmidt, disse no fim da manhã desta quarta-feira (07-03), que o sobrinho que avistou o objeto, revelou ter percebido um rastro de fogo durante a trajetória do horizonte até cair no chão.

No local onde o agricultor Lotário Schmidt encontrou o objeto misterioso, ainda tem resíduos semelhantes a uma malha de fibra. Até o momento, ninguém soube explicar de que material é formado o objeto.

Cerca de 600 toneladas de materiais espaciais caem por ano na Terra

Segundo uma matéria do G1 de 29 de dezembro de 2014, o professor de geofísica espacial da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), doutor Moacir Lacerda, revelou em entrevista à TV Morena, que cerca de 600 toneladas de materiais espaciais caem por ano na Terra, entre poeira, meteorito e outros objetos. Na época ele falou a respeito de um objeto que caiu em uma área rural no Interior do Mato Grosso do Sul. Ele disse que normalmente esses objetos caem em uma superfície relativamente grande e a maior parte formada de água, como no mar e em regiões inóspitas. Raramente um objeto pode fugir do controle e cair até em áreas urbanas.

Fonte: No Ar Notícias
Santo Augusto Urgente

Notícias Relacionadas

  • Agricultora morre após descarga elé...

    5 de março de 2021
  • Aos 63 anos morre por Covid preside...

    5 de março de 2021
  • Bandidos se disfarçam de equipe de ...

    5 de março de 2021
  • Menina de 11 anos tem morte por Cov...

    4 de março de 2021

PUBLICIDADES



NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL

Cadastre-se para receber.

    Entre em contato conosco



      (55) 9 84034561 / (55) 9 96195305 Santo Augusto/RS / CEP: 98590-00
      Copyright 2017 ® Santo Augusto Urgente - Todos os direitos reservados