Mulher mata companheiro a golpes de machado em Cruzeiro do Sul; homem teria tentado atacá-la, diz polícia – – Santo Augusto Urgente –
Santo Augusto Urgente! Anuncie onde seu cliente também vê!   I    WhatsApp vai deixar você esconder que está ‘online’; veja como fazer   I    Mecânico é morto a tiros em Ilópolis; suspeitos são presos   I    Saída de pista é registrada na BR-468   I    Jô Soares morre em São Paulo aos 84 anos   I    Homem é encontrado morto, com sinais de disparo de arma de fogo, em Crissiumal
5 de julho de 2021

Mulher mata companheiro a golpes de machado em Cruzeiro do Sul; homem teria tentado atacá-la, diz polícia

Um homem de 35 anos foi morto a golpes de machado pela companheira, neste domingo (4), em Cruzeiro do Sul, município do Vale do Taquari, no interior do Rio Grande do Sul. De acordo com a Polícia Civil, a suspeita, de 27 anos, se apresentou à delegacia e foi liberada. A investigação trabalha com a hipótese de legítima defesa.

O delegado Humberto Roehrig afirma que o homem teria ido até a casa da mulher e feito ameaças contra ela. Segundo o responsável pelas investigações, os dois mantinham um relacionamento, mas que o rapaz era agressivo.

“O agressor já tinha um comportamento violento, principalmente voltado a crimes contra a mulher. No dia do fato, teria ingerido bebida alcoólica, segundo as testemunhas, e chegou em casa bem agressivo. Ele avançou contra a mulher, iniciou uma discussão e tomou uma faca que tinha na residência”, disse.

Testemunhas contaram à polícia que o agressor teria ameaçado matar a filha da mulher, uma criança de um ano e meio.

“No afã de proteger a própria vida e a vida da criança, ela desferiu o primeiro golpe de machado. Segundo o que consta, ele caiu e se levantou. No que ele se levantou, ela desferiu outro golpe”, relatou.

Roehrig conta que, após os golpes, a mulher procurou a Brigada Militar e atendimento médico. Logo em seguida, ela se apresentou à Polícia Civil.

“Se, no final do procedimento, ficar demonstrado que ela agiu em legítima defesa própria e de terceiro, remeto o procedimento para o Poder Judiciário sem indiciamento”, afirmou o delegado.

De acordo com o delegado Humberto Roehrig, a mulher não tinha registrado ocorrências contra o homem pelo comportamento agressivo. Entretanto, uma vizinha tinha uma medida restritiva contra o rapaz.

O machado e demais objetos encontrados no local da ocorrência foram enviados para a perícia.

Fonte: G1/RS

Notícias Relacionadas

  • Acidente tipo saída de pista ocorre...

    9 de agosto de 2022
  • WhatsApp vai deixar você esconder q...

    9 de agosto de 2022
  • Mecânico é morto a tiros em Ilópoli...

    9 de agosto de 2022
  • Saída de pista é registrada na BR-4...

    6 de agosto de 2022

NOTÍCIAS

PUBLICIDADES

PUBLICIDADES



NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL

Cadastre-se para receber.

    Entre em contato conosco



      (55) 9 84034561 / (55) 9 96195305 Santo Augusto/RS / CEP: 98590-00
      Copyright 2017 ® Santo Augusto Urgente - Todos os direitos reservados