Motorista de aplicativo é preso por estupro de jovem após corrida – – Santo Augusto Urgente –
Santo Augusto Urgente! Anuncie onde seu cliente também vê!   I    Ijuiense perde mais de R$ 100 mil reais em golpe do nudes   I    VÍDEO – Casa é consumida pelo fogo em Santo Augusto   I    Cetrat: Liberada lista de mortos no incêndio em Carazinho   I    Diretora é investigada por morder aluno de 4 anos em Tenente Portela   I    Incêndio em centro de tratamento deixa 11 mortos em Carazinho
29 de setembro de 2019

Motorista de aplicativo é preso por estupro de jovem após corrida

Um homem de 46 anos foi preso preventivamente por estupro em Cachoeirinha, na Região Metropolitana de Porto Alegre, no fim da tarde de sexta-feira (27). De acordo com o delegado Eduardo Amaral, ele é motorista de aplicativo, e levou uma jovem de 18 anos até um motel na cidade próxima de Gravataí, onde ocorreu o abuso, após ela solicitar uma corrida.

O crime aconteceu em agosto, foi denunciado pela vítima, e a Justiça decretou a prisão com base nas provas apresentadas pela polícia após investigação.

“Ela foi periciada. O exame comprovou conjunção carnal”, afirma o delegado.

Conforme a polícia, durante o trajeto da corrida, o homem convidou a jovem para fazer fotos para suposta publicidade que seria divulgada em uma revista. “Foi levada até um motel, não soube dizer onde era, e foi forçada a ter relação sexual”, acrescenta.

A vítima havia solicitado a corrida para ir até uma clínica. O delegado concluiu que o motorista “se aproveitou da ingenuidade” da passageira.

“O fato em si já é chocante, é um estupro, mas ele é motorista de aplicativo e fez isso com uma passageira, então é mais grave”.

Também com base na profissão do homem, a polícia reforçou o pedido de prisão preventiva, já que ele poderia voltar a cometer o crime contra outra pessoa.

O nome do homem não foi divulgado pela polícia. O G1 fez contato com a empresa de app para a qual ele trabalharia, que informou que fará uma pesquisa no sistema para apurar o caso.

Prisão

O mandado de prisão preventiva e outro de busca e apreensão foram cumpridos na tarde de sexta-feira. Policiais foram até a casa do homem, em Cachoeirinha, e o encontraram no local. O celular dele foi recolhido, e será analisado. Segundo o delegado, a vítima contou que ele fez fotos dela com o aparelho.

Na delegacia, o motorista optou por ficar em silêncio. Um advogado foi chamado, e o delegado pretende ouvir o preso formalmente na próxima semana.

Até o fim da manhã de sábado (28) o homem seguia em uma cela na delegacia, por falta de vagas em presídios.

O homem já havia sido preso, em 2017, por estupro. Na época, segundo o delegado, ele não trabalhava como motorista.

“Também foi em Gravataí, com uma abordagem parecida, pedindo para tirar fotos”, completa.

Fonte: G1/RS

Notícias Relacionadas

  • Justiça nega recurso para novo exam...

    28 de junho de 2022
  • Ijuiense perde mais de R$ 100 mil r...

    28 de junho de 2022
  • VÍDEO – Casa é consumida pelo...

    26 de junho de 2022
  • Cetrat: Liberada lista de mortos no...

    24 de junho de 2022

NOTÍCIAS

PUBLICIDADES

PUBLICIDADES



NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL

Cadastre-se para receber.

    Entre em contato conosco



      (55) 9 84034561 / (55) 9 96195305 Santo Augusto/RS / CEP: 98590-00
      Copyright 2017 ® Santo Augusto Urgente - Todos os direitos reservados