Incêndio consome prédio do Instituto Penal de Carazinho – – Santo Augusto Urgente –
Santo Augusto Urgente! Anuncie onde seu cliente também vê!   I    Acidente com vítima fatal na BR 285 em Bozano   I    Identificado vítima do acidente de trânsito em Ajuricaba na manhã deste sábado   I    Justiça bloqueia bens de produtores rurais que mantinham trabalhadores em condições análogas à escravidão em São Borja   I    Ginecologista de Ijuí é acusado de violação sexual de doze vítimas   I    Idosa é atropelada na Avenida do Comércio em Santo Augusto
25 de março de 2018

Incêndio consome prédio do Instituto Penal de Carazinho

Um incêndio de grandes proporções ocorreu neste domingo (25) no Instituto Penal de Carazinho que fica ao lado do Presídio Estadual de Carazinho. As chamas iniciaram por volta das 13h30 e foram controladas antes das 16h por bombeiros que utilizaram dois caminhões.

Em entrevista para a Rádio Gazeta AM, a diretora do Pecar, Márcia Daumling, disse que no momento das chamas estavam 108 apenados e a capacidade é para 64. Nenhum detento do semi aberto ou agente penitenciário ficou ferido. “Uma perícia será realizada para sabermos as causas das chamas”, comentou a diretora.

Após serem retirados do local, os detentos ficaram no pátio e aguardam uma definição do juiz da Vara de Execuções Criminais sobre onde serão realocados.

Este é o segundo incêndio que atinge o local em menos de dois anos. No final de 2016 outro incêndio danificou boa parte da estrutura.

Fonte: Rádio Gazeta
Foto:Divulgação Susepe

Notícias Relacionadas

  • Familiares identificam jovem vítima...

    15 de maio de 2022
  • Acidente com vítima fatal na BR 285...

    15 de maio de 2022
  • Identificado vítima do acidente de ...

    14 de maio de 2022
  • Justiça bloqueia bens de produtores...

    13 de maio de 2022

NOTÍCIAS

PUBLICIDADES

PUBLICIDADES



NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL

Cadastre-se para receber.

    Entre em contato conosco



      (55) 9 84034561 / (55) 9 96195305 Santo Augusto/RS / CEP: 98590-00
      Copyright 2017 ® Santo Augusto Urgente - Todos os direitos reservados