Santo Augusto Urgente! Anuncie onde seu cliente também vê!   I    Pai e filho são baleados em frente a um bar de Pejuçara   I    Delegado Dr. Gustavo Fleury alerta sobre nova modalidade de golpe do PIX que acumula vítimas na Região   I    Acidente envolvendo colheitadeira em Coronel Bicaco   I    Agricultor sofre descarga elétrica enquanto colhia soja em Bozano   I    Preso em Teutônia suspeito pela morte de menina de 13 anos em Bom Princípio, diz polícia
15 de novembro de 2019

Homem morre após confusão com PMs durante ocorrência sobre perturbação de sossego em Candelária

Um homem de 27 anos morreu na noite de quinta-feira (14) em Candelária, no Vale do Rio Pardo, depois de uma confusão em atendimento de ocorrência sobre perturbação de sossego. Segundo a Polícia Civil, que informou que a investigação irá avançar a partir de segunda-feira (18), um policial militar atirou porque houve reação à abordagem.

O delegado Paulo Cesar Schirrmann disse ao G1 que “uma série de circunstâncias ainda não foram esclarecidas”.

A vítima foi identificada como Carlos José Kolbe. Ele chegou a ser socorrido após o disparo e foi encaminhado ao Hospital de Candelária, mas não resistiu.

A Brigada Militar, que foi acionada para ir ao local onde havia barulho, diz que o homem se aproximou dos PMs e urinou na frente deles. Neste momento, segundo a BM, foi feita a abordagem dele, com revista, e houve reação.

Também de acordo com a Brigada, o homem atingiu o PM com um soco no nariz, e ele caiu no chão. Outro policial militar teria se aproximado e entrado em luta corporal com o homem. A BM diz que o suspeito tentou tirar a arma do PM, e então o policial que havia sido derrubado atirou. A BM informou que o disparo atingiu a região do abdômen da vítima.

Em nota, a Brigada Militar afirma que “serão averiguados todos os dados relativos à ocorrência e já foi aberto o Boletim de Ocorrência Policial Militar a fim de apurar como se deram os fatos.”

O delegado Schirrmann diz que vai começar a ouvir testemunhas no começo da próxima semana. Será apurado se o PM agiu em legítima defesa, ou se houve excesso.

“Não se sabe exatamente onde ele foi baleado. A primeira informação fala em abdômen, depois falaram pelas costas… só um perito para dizer o local exato”, reforça.

O pai da vítima alega que o filho estava urinando, mas em outro lado da rua, e que os policiais foram até ele e o agrediram.

Ainda conforme o delegado, foi realizado um protesto na região contra a ação policial. “Evidente que a revolta exite, mas temos que analisar o caso”, resume.

Fonte: G1/RS

Notícias Relacionadas

  • Casados há 52 anos, idosos de SC mo...

    11 de abril de 2021
  • Preso em Teutônia suspeito pela mor...

    10 de abril de 2021
  • Incêndio destrói casa e pertences d...

    9 de abril de 2021
  • VÍDEO: Incêndio destrói colheitadei...

    8 de abril de 2021

PUBLICIDADES



NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL

Cadastre-se para receber.

    Entre em contato conosco



      (55) 9 84034561 / (55) 9 96195305 Santo Augusto/RS / CEP: 98590-00
      Copyright 2017 ® Santo Augusto Urgente - Todos os direitos reservados