Santo Augusto Urgente! Anuncie onde seu cliente também vê!   I    Santo Augusto em alerta para uma epidemia de doenças causadas pelo Aedes aegypti   I    Polícia fecha casa de jogos com aglomeração, em Capão da Canoa   I    URGENTE: Morre Milton Mariotti após sofrer infarto   I    Missionário encontra criança totalmente desnutrida em Roraima   I    Fabiano Kipper Mai, considerado o autor do ataque em Saudades é ouvido pela Polícia Civil
11 de julho de 2020

Feminicídios aumentam 24% no 1º semestre em relação ao mesmo período do ano anterior no RS

O número de feminicídios no Rio Grande do Sul aumentou 24% nos seis primeiros meses de 2020, em relação ao mesmo período do ano anterior. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP), divulgados nesta quinta-feira (9), 51 mulheres perderam a vida por questão de gênero entre janeiro e junho deste ano. No ano passado, foram 41, no mesmo período.

Apesar disso, o número mensal apresentou uma queda de 11% em junho deste ano em relação ao ano anterior. Foram oito casos contra nove em 2019. O mês de maio já havia apresentado uma baixa, de 11 para seis neste ano.

Nos demais indicadores, o quadro geral é de queda no primeiro semestre na comparação com os dois anos. Ameaças caíram 13%, lesões corporais, 9,4%, e tentativas de feminicídio, 9,3%. O número de estupros ficou praticamente estável, com queda de 0,8%.

Observando apenas o mês de junho de ambos os anos, 2020 e 2019, todos os índices apresentaram queda, menos o de tentativas de feminicídio, que subiram 21,7% — de 23 para 28 casos.

A SSP acredita que as reduções nos números dos últimos meses são reflexo de campanhas de divulgação propostas pelo governo estadual, como o lançamento da cartilha sobre o registro de ocorrências de violência contra a mulher na Delegacia Online, a ampliação das patrulhas Maria da Penha e a inauguração de Salas das Margaridas em cidades do interior do estado.

A secretaria está trabalhando com a campanha “Rompa o Silêncio”, que oferece um número de WhatsApp para denúncia e busca incentivar amigos, familiares e vizinhos a denunciarem.

Segundo a SSP, entre as oito vítimas de feminicídios de junho, apenas duas tinham ocorrência anterior contra o agressor, e uma delas contava com medida protetiva de urgência.

Como denunciar
Disque Denúncia 181
Denúncia Digital 181
Emergências pelo 190
WhatsApp (51) 98444-0606
Disque 180

 

Fonte: G1/RS

Notícias Relacionadas

  • Polícia fecha casa de jogos com agl...

    14 de maio de 2021
  • Missionário encontra criança totalm...

    10 de maio de 2021
  • BIZARRO – Homem flagrado furt...

    10 de maio de 2021
  • Um dos fundadores do PCC, Geleião m...

    10 de maio de 2021

PUBLICIDADES



NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL

Cadastre-se para receber.

    Entre em contato conosco



      (55) 9 84034561 / (55) 9 96195305 Santo Augusto/RS / CEP: 98590-00
      Copyright 2017 ® Santo Augusto Urgente - Todos os direitos reservados