Falha administrativa corta combustível de viaturas que fiscalizam rodovias estaduais – – Santo Augusto Urgente –
Santo Augusto Urgente! Anuncie onde seu cliente também vê!   I    Mulher, marido, filho e amigo são executados em chacina   I    Acidente de trabalho tira a vida de santo-augustense em Ibirubá   I    Casal é preso por porte ilegal de arma em São Valério do Sul   I    Dois homens morrem baleados em cancha de bocha na cidade de Santa Rosa   I    Homem é espancado e morto por seguranças em supermercado de Porto Alegre
11 de novembro de 2020

Falha administrativa corta combustível de viaturas que fiscalizam rodovias estaduais

Um erro administrativo tem criado um empecilho na fiscalização das rodovias estaduais do Rio Grande do Sul. De acordo com informações obtidas pela coluna, a falha ocorreu em uma má interpretação do Departamento de Transportes do Estado (DTERS).

 

A unidade ligada a Secretaria Estadual de Planejamento determinou o corte de gastos de combustíveis para todo o governo e incluiu o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM). Apesar de ter o orçamento ligado ao Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), o CRBM é ligado à Secretaria Estadual da Segurança Pública, que não é atingida por estas políticas de contenções de custos em gasolina.

 

Diga-se de passagem que este problema não ocorre só neste governo. Na gestão passada essa falha já era verificada. E até hoje não foi resolvida.

 

Alguns policiais rodoviários ouvidos pela coluna informaram que as viaturas em todo o Rio Grande do Sul estão ficando sem gasolina, e que o combustível está sendo racionado para atender as ocorrências. O patrulhamento vem sendo evitado como forma de economia. Já outros disseram que está havendo um remanejando de cotas de combustível das viaturas que ficam na sede do CRBM, e que não necessitam rodar tanto.

 

A assessoria da Secretaria Estadual da Segurança Pública disse que o CRBM comunicou que houve uma “alteração orçamentária, mas a gestão conseguiu equalizar a utilização dos recursos sem que houvesse impacto nas atividades de policiamento”.

 

Sobre a possibilidade de se evitar este novo erro no futuro, a assessoria respondeu que “alterações e remanejamentos orçamentários são da rotina da administração pública, e, como já respondeu o CRBM, a gestão mantém o trabalho e nenhuma viatura parou em razão dessa alteração”.

 

Ou seja, o problema é encarado com normalidade, e as correções para evitar erro no futuro não serão realizadas.

 

Procurado, o comandante do CRBM, coronel José Henrique Gomes Botelho, nega que as viaturas estejam paradas. Ele cita que a a situação operacional do Comando Rodoviário “é normal” e que o assunto está sendo tratado com o DTERS.

Fonte: GZH

Notícias Relacionadas

  • Homem é morto a tiros em Carazinho

    25 de novembro de 2020
  • Mulher, marido, filho e amigo são e...

    24 de novembro de 2020
  • Acidente de trabalho tira a vida de...

    23 de novembro de 2020
  • Casal é preso por porte ilegal de a...

    23 de novembro de 2020

NOTÍCIAS

PUBLICIDADES

PUBLICIDADES



NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL

Cadastre-se para receber.

Entre em contato conosco



(55) 9 84034561 / (55) 9 96195305 Santo Augusto/RS / CEP: 98590-00
Copyright 2017 ® Santo Augusto Urgente - Todos os direitos reservados