Santo Augusto Urgente! Anuncie onde seu cliente também vê!   I    Missionário encontra criança totalmente desnutrida em Roraima   I    Fabiano Kipper Mai, considerado o autor do ataque em Saudades é ouvido pela Polícia Civil   I    BIZARRO – Homem flagrado furtando TV é identificado após tropeçar e deixar cair o celular em loja de Lajeado; veja o vídeo   I    Morador de Santa Bárbara do Sul perde a vida na BR-285 em Panambi   I    VÍDEO – Homem morre carbonizado após incêndio em Ijuí
13 de abril de 2020

Criminalidade tem queda significativa na Região Celeiro

A Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, divulgou recentemente os números de ocorrências em todas as cidades gaúchas acumuladas até março de 2020.

Em termos gerais, houve uma redução significativa de criminalidade na Região Celeiro em relação ao mesmo período de 2019. O número total de ocorrências em Março de 2020 foi de 242, o que corresponde a um número 30% menor do que o registrado no mesmo período do ano anterior, que foi de 342.

Outros destaques relacionados à criminalidade em março de 2020 na Região Celeiro:

Dois municípios não tiveram nenhum registro de ocorrência policial. (São Valério do Sul e Vista Gaúcha).

Campo Novo continua sendo a cidade com maior taxa de crimes por habitante na região.

De acordo com os Indicadores Criminais da SSP-RS de março de 2020, Campo Novo, que possui uma população estimada de 4.484 habitantes, registrou 18 crimes, o que resulta em uma taxa de quase 2 vítimas de crimes para cada mil habitantes.

Dos 18 crimes registrados até março de 2020 em Campo Novo, mudou um pouco o panorama, em relação a janeiro de 2020, quando o crime relacionado a entorpecentes (posse e tráfico) era o mais registrado. Já em março de 2020, esse crime divide a incidência com furtos com 6 registro cada.

O crime com maior incidência na Região Celeiro foi o de furto, com 135 registros do total de 242 e também foi o que teve registro em 19 cidades da Região.

Os crimes de posse e tráfico de entorpecentes também registraram uma redução significativa. Foram 61 registros no período mencionado em 2019, enquanto 2020 registrou 33.

Entenda a taxa/100mil hab.

Indicadores como a taxa por cem mil habitantes são proporcionais ao tamanho da população em questão, logo, eles permitem comparar populações (países, cidades, bairros) de tamanhos diferentes.

Dividindo o indicador por fatias menores de pessoas, é possível entender a distribuição geográfica de forma mais significativa.

A taxa também poderia ser por 10 mil, ou 1 mil habitantes, o princípio é o mesmo. Na fórmula, só muda o número multiplicador. Também existem outras formas de relativizar os números, como dividir pela área, ao invés da população.

Ao calcular dados referentes ao Rio Grande do Sul, a SSP-RS utiliza o multiplicador de 100 mil, tendo em vista que a população gaúcha é de mais de 10 milhões de pessoas. No caso da Região Celeiro, como as cidades possuem relativamente poucos habitantes, a taxa por 1 mil habitantes ilustra de forma mais satisfatória os índices.

Fonte: Observador Regional

Notícias Relacionadas

  • Missionário encontra criança totalm...

    10 de maio de 2021
  • Fabiano Kipper Mai, considerado o a...

    10 de maio de 2021
  • BIZARRO – Homem flagrado furt...

    10 de maio de 2021
  • VÍDEO – Homem morre carboniza...

    10 de maio de 2021

PUBLICIDADES



NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL

Cadastre-se para receber.

    Entre em contato conosco



      (55) 9 84034561 / (55) 9 96195305 Santo Augusto/RS / CEP: 98590-00
      Copyright 2017 ® Santo Augusto Urgente - Todos os direitos reservados