Boate Kiss: Sobrevivente da tragédia se especializou em prevenção de incêndio e casou com enfermeira que cuidou dele – – Santo Augusto Urgente –
Santo Augusto Urgente! Anuncie onde seu cliente também vê!   I    WhatsApp vai deixar você esconder que está ‘online’; veja como fazer   I    Mecânico é morto a tiros em Ilópolis; suspeitos são presos   I    Saída de pista é registrada na BR-468   I    Jô Soares morre em São Paulo aos 84 anos   I    Homem é encontrado morto, com sinais de disparo de arma de fogo, em Crissiumal
30 de novembro de 2021

Boate Kiss: Sobrevivente da tragédia se especializou em prevenção de incêndio e casou com enfermeira que cuidou dele

A tragédia da boate Kiss, em Santa Maria, transpassa a vida de Emanuel Pastl, de 27 anos, de inúmeras formas. Algumas pesadas, como carregar a memória daquela madrugada, os dias entubado após inalar a fumaça tóxica e a perda de uma amiga. Outras são mais leves, pois o levaram a trabalhar na área de prevenção de incêndios e a conhecer a esposa e mãe de sua filha.

Naquele janeiro de 2013, Emanuel estava de férias do curso de Engenharia de Minas, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em Porto Alegre. O irmão gêmeo Guilherme ainda vivia os efeitos de greves no ano anterior e permanecia em Santa Maria, onde cursava Relações Internacionais na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Por isso, para que não passassem o aniversário de 19 anos separados, viajou à cidade do Centro do estado para comemorarem juntos.

A festa na Kiss, no sábado dia 26 de janeiro daquele ano, foi escolhida para a celebração de mais um ano juntos, o que seria completado três dias depois. A casa noturna estava tão lotada que alguns colegas de Guilherme decidiram ir embora mais cedo ou buscaram a área de fumantes, na rua, para fugir do desconforto. No momento do incêndio, permaneceram apenas os irmãos, a namorada e cunhada de Guilherme, na época, e um amigo de infância deles.

“Achávamos, inicialmente, que era briga, porque não tínhamos visão do palco. Começou a gerar um certo tumulto e nos escoramos no bar para deixar as pessoas passarem. Mas uns 30 segundos depois começamos a visualizar fumaça e tivemos a percepção que era incêndio, e então começamos a sair em direção à saída de emergência”, recorda Emanuel.

Notícias Relacionadas

  • Acidente tipo saída de pista ocorre...

    9 de agosto de 2022
  • WhatsApp vai deixar você esconder q...

    9 de agosto de 2022
  • Mecânico é morto a tiros em Ilópoli...

    9 de agosto de 2022
  • Saída de pista é registrada na BR-4...

    6 de agosto de 2022

NOTÍCIAS

PUBLICIDADES

PUBLICIDADES



NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL

Cadastre-se para receber.

    Entre em contato conosco



      (55) 9 84034561 / (55) 9 96195305 Santo Augusto/RS / CEP: 98590-00
      Copyright 2017 ® Santo Augusto Urgente - Todos os direitos reservados