Santo Augusto Urgente! Anuncie onde seu cliente também vê!   I    Argentina tem em três dias, média de incêndios do mês de janeiro inteiro   I    Focos de incêndio voltam a ser registrados em Boa Vista do Buricá   I    Morre na UTI terceira vítima de acidente em ponte entre Tiradentes e Esperança do Sul   I    Cabeleireira é encontrada morta em porta-malas de carro   I    Três cães Pitbull atacam criança e um homem em Pelotas
21 de dezembro de 2020

Adolescente de 14 anos mata padrasto para defender a mãe em Restinga Seca, diz polícia

Um homem de 37 anos foi morto com um golpe de faca, por volta das 5h30 deste domingo (20), em Restinga Seca, na Região Central do estado. De acordo com a Polícia Civil, ele foi atingido pela enteada de 14 anos, que interveio em uma briga entre a mãe e o padrasto.

Será instaurado um procedimento de investigação de ato infracional, já que a suspeita é menor de idade. De acordo com a delegada Débora Dias, ela não foi apreendida porque agiu em legítima defesa.

“Em tese, foi legítima defesa de terceiros. Então, não fiz o auto de apreensão. Comuniquei ao promotor, que disse que também não vai pedir a apreensão e vai ouvi-la amanhã de manhã [segunda, 21]”, explica a delegada.

Conforme a polícia, a família, que mora em Santa Maria, foi acampar no fim de semana no Balneário das Tunas com um casal de amigos. Eles estariam fazendo uma festa, escutando música com as outras pessoas, quando o casal começou a discutir por ciúmes.

Eles teriam começado a se agredir mutuamente e, ao ver que a mãe estava apanhando do companheiro, a adolescente interveio.

Ela pegou uma faca de cozinha comum e atingiu o padrasto na altura do peito, próximo ao coração.

“Os adultos ingeriram bebida alcoólica desde ontem e passaram a noite brigando: a mãe, genitora da menina, e a vítima, que seria companheiro dela. Em uma dessas brigas, a menina pediu para ele parar e, pra defender a mãe, pegou uma faca do chão e deu uma facada. Essa facada foi letal”, descreve a delegada.

O homem foi levado pela própria família ao hospital, mas ele morreu antes de receber atendimento. A polícia foi acionada pelo hospital.

Na conversa, conforme a Brigada Militar, a adolescente estava em estado de choque, chorava muito, repetia que queria apenas defender a mãe e que não imaginava que poderia ter matado o padrasto.

Fonte: G1/RS

Notícias Relacionadas

  • Bombeiros localizam corpo de jovem ...

    17 de janeiro de 2022
  • Argentina tem em três dias, média d...

    16 de janeiro de 2022
  • Focos de incêndio voltam a ser regi...

    15 de janeiro de 2022
  • Morre na UTI terceira vítima de aci...

    15 de janeiro de 2022

NOTÍCIAS

PUBLICIDADES

PUBLICIDADES



NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL

Cadastre-se para receber.

    Entre em contato conosco



      (55) 9 84034561 / (55) 9 96195305 Santo Augusto/RS / CEP: 98590-00
      Copyright 2017 ® Santo Augusto Urgente - Todos os direitos reservados